Portfólio

Fluxo

Performance duracional interdisciplinar a partir do conceito físico de FLUXO, criando-se uma Site Specific Performance na Cisterna da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa; explorando-se e potenciando-se as dimensões corporais, sonoras e visuais em relação com o espaço e com a história física do local.

Cuidado com o degrau

Exposição em colectivo, de inauguração da Galeria Porta 6, onde nos propusemos a, durante 3 meses, habitar e a criar, influenciados espacialmente no processo criativo e conseguinte produto.

Pó Suspenso

Festival “Pó Suspenso”, 29 de Setembro no edifício da antiga Central Hidroeléctrica do Caldeirão, Torres Novas. Foi um espaço-tempo de mostra do nosso colectivo, com momentos de partilha e participação comunitária. Composto por workshops, performances, uma exposição, concertos e com um almoço comunitário.

SENSO – Pesquisa da sensibilidade cultural da comunidade

O SENSO resultou do apoio (Bolsa Filhos do Meio – Materiais Diversos), que teve como principal objectivo explorar, compreender e interrogar, que cultura é que habita este território (Alcanena e Torres Novas). Questionamos e habitamos em conjunto, culminando com uma instalação audiovisual documental, que esteve presente no Festival Bons Sons em Cem Soldos em Agosto de 2018.

Sentir Torres Novas

Uma oficina de Fotografia, desenvolvida a convite da Escola 3ºciclo e secundária da Maria Lamas, com o objectivo explorar Torres Novas através do “olhar da lente” e da aprendizagem do processo analógico da fotografia, bem como com o processo criativo e experimental da arte. Culminando com uma exposição final no Convento do Carmo.

À mesa não se manifesta

Momento de apresentação do colectivo249 à comunidade com uma instalação desenvolvida em colectivo, convidando a população a sentar-se à mesa connosco. Esta instalação ficou exposta no Convento do Carmo em Torres Novas.


Siga os nossos projectos!

Receba os nossos projectos no seu endereço de email